InícioAMAZONASJobex 2019 encerrado com vitória do Holanda no Futsal master

Jobex 2019 encerrado com vitória do Holanda no Futsal master

Jobex 2019 encerrado com vitória do Holanda no Futsal master

A exemplo do que foi no futebol society, também no futsal,  acima dos 40 anos, os 5º JOBEX (Jogos Olímpicos Bosconianos dos Ex-alunos) realizado na cidade Manaus, consagrou as melhores equipes em dois jogos emocionantes (decisão de 3º Lugar e decisão de 1º lugar),  os melhores da temporada. As disputas foram realizadas na quadra principal da Vila Olímpica de Manaus, na tarde do ultimo sábado(31.08), com as equipes Holanda, CV e Arabianos B, respectivamente 1º, 2º e 3º lugares e ainda o Arabianos A, goleado por 5 x 1, ficando em 4º colocado.

Na disputa pela medalha de ouro o Camisa de Venus (C.V.), enfrentou o Holanda, que no futebol society ficou com a terceira colocação e vinha com sede de titulo no futsal. Jogo muito equilibrado que registrou pelo menos 10 bolas na trave, antes de saírem os gols. Em uma jogada do Holanda, o atacante do C.V. , Foguinho,  foi mais rápido que o adversário Pina. Ele antecipou uma bola cruzada no campo adversário e com um toque rápido ficou cara a cara com o melhor goleiro do Jobex 2019, o arqueiro Ruy. Com um chute forte e rasteiro no canto, Foguinho abriu o marcador em favor do C.V, faltando dois minutos para o fim do segundo tempo.

A pressão do Holanda foi grande em busca do empate. Em uma jogada anterior ao gol sofrido, o Holanda aplicou inacreditáveis quatro bolas no travessão. Após sofrer o gol reverso, a equipe sem dar espaço pro C.V., iniciou um ataque pela esquerda. Um chute cruzado e abola resvalou no defensor Bruno, mudando a direção e altura da bola. Mesmo com a reação do goleiro do C.V.  o ala Val entrou com bola e tudo, empatando o jogo e levando a decisão para as penalidades máximas (ver v. Na Série de três cobranças, o Holanda com Nailson, Fabricio e Erick Lima fizeram para o Holanda. O Goleiro Ruy defendeu a terceira cobrança do C.V. e garantiu o título 2019 do futsal para a Família Holanda. “Só temos a agradecer ao pessoal do C.V. pelo excelente jogo, sem violência, sem choques, sem ofensas. Jogo bem jogado e venceu quem não errou nos pênaltis”, disse o defensor Fabricio.  O Holanda entrou na competição com 15 atletas inscritos. Marcel Pina, Fredirlei, Deusdeth, Sandoval, Patrick, Reinaldinho, Alysson, Luiz Viana, Fabrício, M. Ruy, Harilson, Eric Lima, Jonefran, Menezes e Nailson Castro.

No C.V., apesar da medalha de prata, a alegria era grande. Com reconhecido espirito esportivo, a equipe  entrou na final desfalcado maior reforço (Babbingttonn Khell), soube superar as dificuldades e com organização, por pouco não ficou com o titulo. “Sou suspeito para falar, mas acredito que esse jogo (um a um) tenha sido o melhor jogo da competição. Um jogo limpo feito entre amigos de infância que se gostam e se respeitam. Queríamos o ouro, mas o Holanda venceu com méritos”, disse o técnico do C.V., Erick Hauradou.  O C.V. entrou na competição com Marcelo Augusto Preta, Leonardo Góes, Luiz Carlos Cordeiro, Wilttier Fernandes, Sandro,  Jorge, Foguinho, Bruno Soares.

No primeiro jogo da tarde, na disputa do terceiro lugar, os Arabianos B, com excelente atuação de André Fonseca, aplicaram uma goleada no time da mesma turma, o Arabianos A.  O ala atacante André Fonseca, que fez três gols e quase marca o quarto com uma bicicleta, foi a peça principal na conquista do terceiro lugar. Alex Micoli e Fagner também marcaram. O Arabianos B, reforçado com ex-atletas do tricampeão Romanos(esse ano não disputou) arrastou a medalha de bronze e a lição de superação. “Formamos o time B para podermos brincar pelo menos cinco minutos, porque o Arabianos A é que teoricamente tinha condições de brigar por medalhas. Tanto no futebol quanto no futsal, o Arabianos B deu exemplo de humildade e fair play”, ilustra Alex Micolim.   Os Arabianos B inscreveram André Pereca, Anwar, Dr Salada, Otacílio Vingador, Leontino, Mosquito, Paulo Celestino, Wagner, Marcelo Cipriano, Alex Micolim, André Carvalho, Rommel Junior.

Dessa forma , os ex-alunos se despedem do Jobex 2019, já na expectativa pelo reencontro em 2020. Aos coordenadores e a todos os ex-alunos o sentimento de gratidão por permitirem, momentaneamente, através das 10 modalidades disputadas, nas três categorias, que todos Amigos de Domingos Sávio e Alunos de Dom Bosco, voltem no tempo.

Holanda e Camisa de Venus, finalistas
ARABIANOS B, 3º LUGAR

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Manaus

No Dia Internacional Contra Homofobia, Sejusc reforça os serviços disponíveis e a luta por respeito

Ações são coordenadas pela Gerência de Diversidade de Gênero Neste dia 17 de maio é celebrado o Dia Internacional Contra Homofobia, data que marca a...

Circuito Cultural Promove Luta Contra a LGBTfobia em Manaus

Dia Internacional do Combate à Homofobia, Bifobia e Transfobia será celebrado no dia 17 de maio Instituído após a exclusão da homossexualidade da Classificação Internacional...

Sepror participa da 2ª reunião nacional do Plano ABC+ em Brasília

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) participa da 2ª Reunião Nacional do Plano ABC+, em Brasília, iniciada nesta quarta-feira (15/05), com duração...

PGE-AM obtém liminar impedindo corte de energia na Arena da Amazônia

  A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) obteve, nesta quarta-feira (15/05), uma liminar junto à 4ª Vara da Fazenda Pública impedindo que a concessionária Amazonas...

MPAM promove curso de tiro e armamento para novos promotores

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais (Caocrim), realizou um treinamento...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img