sábado, julho 13, 2024
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO AMAZONASspot_imgspot_img

NOTÍCIAS ALEAM

InícioAMAZONASAmazonenses sagram-se 3ª melhor equipe do Camp. Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo

Amazonenses sagram-se 3ª melhor equipe do Camp. Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo

Amazonenses sagram-se terceira melhor equipe do Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu paradesportivo

Ocorreu neste último fim de semana (11 a 13), em Florianópolis/SC, o primeiro Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu paradesportivo, onde a seleção do Amazonas composta por nove atletas destacou-se ficando em terceiro lugar por equipe, com dois campeões, cinco vice-campeões e dois em terceiro lugar.

O titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Caio André de Oliveira parabenizou os atletas e enfatizou, “o Amazonas é um dos principais polos paradesportivos e berço de grande campeões, e os paratletas do jiu-jitsu não são diferentes. Representaram muito bem e nossos parabéns pela conquista”, elogiou.

A inédita competição que acolheu atletas com deficiência física, auditiva, intelectual e visual é uma realização da Federação Brasileira de Jiu-Jitsu Paradesportivo, ocorreu no Hotel Internacional Canavieiras e teve premiação de cinco mil dólares, que foram distribuídos entre os vencedores das categorias, que são divididas por classificação funcional. No Jiu-Jitsu Paradesportivo não tem pesagem de categoria, que são definidas pela deficiência. Atualmente existem 18 classes de paratletas.

Flavio Leonardo – Exemplo de superação e com apenas uma perna, Flavio Leonardo Neves categoria classe C pesado, faixa marrom, sagrou-se super campeão no brasileiro de jiu-jitsu paradesportivo. Com 24 anos, o atleta que aos 20 anos perdeu uma perna que quase o levou ao suicídio, “há quatro atrás anos perdi a perna esquerda em um acidente de moto, estava no trabalho quando sofri um acidente que me levou ao fundo do poço, aos 20 anos de idade sem uma perna, só pensava em suicídio”, relatou.

Jhordan Garcia – Outro exemplo de superação é do amazonense que se destacou por ter feito uma luta considerada muito técnica. Jhordan Garcia de 20 anos, categoria classe N (com maior número de atletas), faixa roxa segundo grau. Em novembro o atleta estará lutando mais uma vez, agora no campeonato de Grand Slam da Federação Abu Dhabi no Rio de janeiro, onde mais uma vez estará representado o Amazonas. “Foi uma honra representar o Amazonas, agradeço a Deus, aos parentes, amigos e a sejel na pessoa do secretário Caio André, pelo apoio, caso contrário esse feito não seria possível”, finalizou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Manaus

Desvio de Trânsito na Avenida Autaz Mirim para Obras do Prosamim a Partir de 6 de Julho

Os motoristas que trafegam pela avenida Autaz Mirim, no sentido da rotatória do Armando Mendes para a bola do São José, devem ficar atentos...

Quantidade de maconha vai diferenciar uso pessoal e tráfico

Após decidir descriminalizar o porte de maconha para uso pessoal, o Supremo Tribunal Federal (STF) retoma o julgamento do caso nesta quarta-feira (26) para...

Prefeitura de Manaus Negou Licença para o Arraial de Jungle Hunners 2024

Na tranquila e deserta área da Ponta Negra em Manaus, uma injustiça evidente foi cometida contra um grupo de crianças especiais e suas famílias....

Em treino, atleta é assassinada por mulher embriagada ao volante

No meio da manhã do domingo, 23 de junho de 2024, o encontro entre duas mulheres acabou de forma trágica. Uma, Miscilene Clemente, escolheu o...

Festival 2024: Roteiro turístico para visitantes de primeira viagem

  Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) é uma ilha com encantos culturais, como o Festival de Boi Bumbá, além de outros atrativos turísticos repletos...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img