segunda-feira, março 4, 2024
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
HomeAMAZONASAmazonenses sagram-se 3ª melhor equipe do Camp. Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo

Amazonenses sagram-se 3ª melhor equipe do Camp. Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo

Amazonenses sagram-se terceira melhor equipe do Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu paradesportivo

Ocorreu neste último fim de semana (11 a 13), em Florianópolis/SC, o primeiro Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu paradesportivo, onde a seleção do Amazonas composta por nove atletas destacou-se ficando em terceiro lugar por equipe, com dois campeões, cinco vice-campeões e dois em terceiro lugar.

O titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Caio André de Oliveira parabenizou os atletas e enfatizou, “o Amazonas é um dos principais polos paradesportivos e berço de grande campeões, e os paratletas do jiu-jitsu não são diferentes. Representaram muito bem e nossos parabéns pela conquista”, elogiou.

A inédita competição que acolheu atletas com deficiência física, auditiva, intelectual e visual é uma realização da Federação Brasileira de Jiu-Jitsu Paradesportivo, ocorreu no Hotel Internacional Canavieiras e teve premiação de cinco mil dólares, que foram distribuídos entre os vencedores das categorias, que são divididas por classificação funcional. No Jiu-Jitsu Paradesportivo não tem pesagem de categoria, que são definidas pela deficiência. Atualmente existem 18 classes de paratletas.

Flavio Leonardo – Exemplo de superação e com apenas uma perna, Flavio Leonardo Neves categoria classe C pesado, faixa marrom, sagrou-se super campeão no brasileiro de jiu-jitsu paradesportivo. Com 24 anos, o atleta que aos 20 anos perdeu uma perna que quase o levou ao suicídio, “há quatro atrás anos perdi a perna esquerda em um acidente de moto, estava no trabalho quando sofri um acidente que me levou ao fundo do poço, aos 20 anos de idade sem uma perna, só pensava em suicídio”, relatou.

Jhordan Garcia – Outro exemplo de superação é do amazonense que se destacou por ter feito uma luta considerada muito técnica. Jhordan Garcia de 20 anos, categoria classe N (com maior número de atletas), faixa roxa segundo grau. Em novembro o atleta estará lutando mais uma vez, agora no campeonato de Grand Slam da Federação Abu Dhabi no Rio de janeiro, onde mais uma vez estará representado o Amazonas. “Foi uma honra representar o Amazonas, agradeço a Deus, aos parentes, amigos e a sejel na pessoa do secretário Caio André, pelo apoio, caso contrário esse feito não seria possível”, finalizou.

 

Artigos Relacionados
spot_imgspot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Manaus

Defesa Civil registra quatro ocorrências durante forte chuva que atingiu Manaus neste sábado (02)

Manaus -A Prefeitura de Manaus, por meio da Central 199, da Defesa Civil do município, registrou, neste sábado, 2/3, até as 17h, quatro ocorrências,...

Saiba a importância da suplementação nutricional para idosos

    Com o Brasil registrando um envelhecimento recorde, a parcela da população com 65 anos ou mais atingiu 10,9%, totalizando aproximadamente 22,2 milhões de pessoas...

*IADESH promove atividades semanais de convivência e desenvolvimento para usuários do SCFV*

A Instituição de Apoio ao Desenvolvimento Humano e Social (IADESH), que mantém uma programação semanal de atividades complementares voltadas para os usuários do Serviço...

Caio André participa de entrega de identidades profissionais a membros do Conselho de Educação Física

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), participou, na noite desta segunda-feira (26/02), da solenidade de entrega das Cédulas...

Prefeitura itinerante é realizada em comunidades indígenas de Borba

  A Prefeitura de Borba, em parceria com o Tribunal de Justiça e Tribunal Regional Eleitoral (TRE), está realizando o projeto Prefeitura Itinerante que tem...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img