segunda-feira, maio 27, 2024
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO AMAZONASspot_imgspot_img

NOTÍCIAS ALEAM

InícioPOLÍCIA FEDERALPolícia Federal indicia ex-presidente Jair Bolsonaro e outros 16 em Investigação de...

Polícia Federal indicia ex-presidente Jair Bolsonaro e outros 16 em Investigação de Falsificação

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro e outras 16 pessoas por envolvimento em um esquema de associação criminosa e inserção de dados falsos em sistemas de informações públicas. O caso em questão trata da falsificação de certificados de vacinação contra a Covid-19.

Além de Jair Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cid e o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) também foram indiciadas. Eles são acusados de participar ativamente na falsificação de documentos, colocando em risco a saúde pública e a integridade dos sistemas de informação.

O processo agora está nas mãos do Ministério Público Federal, que irá decidir se há evidências suficientes para levar os acusados a julgamento. Caso sejam considerados culpados, as penas para os crimes variam de 1 a 12 anos de prisão, dependendo da gravidade das infrações.

A defesa do ex-presidente Bolsonaro, representada por Fabio Wajngarten, lamentou a divulgação das acusações, mas não comentou especificamente sobre o indiciamento. Por outro lado, Washington Reis, irmão de Gutemberg Reis, classificou as acusações como uma “covardia” e “perseguição política”, afirmando que seu irmão é inocente e não teve envolvimento com a falsificação de certificados de vacinação.

A lista completa dos indiciados inclui:

  1. Jair Messias Bolsonaro, ex-presidente da República;
  2. Mauro Barbosa Cid, coronel do Exército e ex-ajudante de ordens da Presidência da República;
  3. Gabriela Santiago Cid, esposa de Mauro Cid;
  4. Gutemberg Reis de Oliveira, deputado federal (MDB-RJ);
  5. Luis Marcos dos Reis, sargento do Exército;
  6. Farley Vinicius Alcântara, médico;
  7. Eduardo Crespo Alves, militar;
  8. Paulo Sérgio da Costa Ferreira;
  9. Ailton Gonçalves Barros, ex-major do Exército;
  10. Marcelo Fernandes Holanda;
  11. Camila Paulino Alves Soares, enfermeira;
  12. João Carlos de Sousa Brecha, ex-secretário de Governo de Duque de Caxias;
  13. Marcelo Costa Câmara, assessor especial de Bolsonaro;
  14. Max Guilherme Machado de Moura, assessor e segurança de Bolsonaro;
  15. Sergio Rocha Cordeiro, assessor e segurança de Bolsonaro;
  16. Cláudia Helena Acosta Rodrigues da Silva, servidora de Duque de Caxias;
  17. Célia Serrano da Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Manaus

Reordenamento do Centro Comercial e Histórico é Iniciado pela Prefeitura de Manaus

Manaus – A Prefeitura de Manaus, através das secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf); Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); da Mulher, Assistência Social...

William Alemão denuncia precariedade do T4

O vereador William Alemão tem sido uma voz ativa em defesa dos usuários do transporte público de Manaus, denunciando as condições precárias do Terminal...

Homem Atropelado na Compensa Espera Socorro de Ambulância por Quase 2 Horas

Manaus – Na manhã desta quarta-feira (22), por volta das 6h, um homem identificado como Antônio foi atropelado na avenida Brasil, no bairro Compensa,...

Caio André denuncia alagações no Monte das Oliveiras

  O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (União Brasil), denunciou, nesta terça-feira (21/05), problema de alagações na rua Yarapé, no...

Cães auxiliaram na apreensão + de 500kg de drogas em 4 meses

Cães de faro para narcóticos ajudaram na apreensão de muitas drogas no Amazonas   Nos últimos quatro meses, os cães de faro para narcóticos da Polícia...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img