segunda-feira, março 4, 2024
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
HomeCULTURAManauaras participam na construção do espetáculo da quadrilha Junina Aparecida, de Urucará

Manauaras participam na construção do espetáculo da quadrilha Junina Aparecida, de Urucará

 

Wilson Júnior, Jéssica Moça, Igor Willon e Matheus Araújo pertencem à Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras

O produtor cultural Wilson Júnior, mestrando em dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), e a coreógrafa Jéssica Moça, ambos da Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras, irão comandar a quadrilha Junina Aparecida, do município de Urucará (a 259 quilômetros de Manaus), para o Festival de Quadrilhas Estilizadas de 2023.

Wilson Júnior assume a direção de arte juntamente com o Paulo Cesar, enquanto Jéssica Moça, Igor Willon e Matheus Araújo ficarão responsáveis pelas coreografias da quadrilha Junina Aparecida. Em 2023, a quadrilha traz o tema ‘Festança: a magia da tradição popular’, uma forma de festejar a felicidade de pular fogueira, celebrar e dançar no meio do povo, consagrando a maior festa popular do Brasil, assim homenageará os três Santos Juninos: São Pedro, Santo Antônio e São João.

Vale ressaltar que esta será a segunda temporada de Jéssica Moça a coreografa atual campeã de Urucará que em 2022 esteve à frente da Junina Os Compadres de São José e como novidade neste ano vem a frente da Junina Aparecida. Ela ressaltou a importância do intercâmbio cultural com os artistas de Urucará.

“É sempre bom ter contato com outras culturas, costumes e tradições. Trabalhar com a Junina Aparecida é maravilhoso, pois me proporciona novas visões e expectativas. O trabalho da agremiação é fantástico e tenho certeza que conquistaremos o título do festival”, disse.

A coreógrafa Jéssica Moça destacou o trabalho à frente da quadrilha nesta segunda temporada e falou a respeito do entusiasmo em trabalhar com os brincantes da Junina Aparecida.

“Acredito que o trabalho de 2023 seja ainda melhor que em 2022. Cada temporada é um desafio diferente, então creio que o público irá se impressionar com nosso trabalho”, reitera.

Sobre o Arte Sem Fronteiras

Em 15 anos de fundação, o Arte Sem Fronteiras participou de vários eventos, entre eles, o Festival de Dança de Joinville (SC), o Festival de Dança do Amazonas, o Toronto Brazilfest, no Canadá, Festival da Cultura Brasileira na Austria, além do Festival do Folclórico de Parintins, pelo Boi Caprichoso e pelo Boi Caprichoso.

A companhia também realizou grandes espetáculos, como o ‘Via Nordeste’ e ‘Ashaninka – A Última Fronteira’.

Artigos Relacionados
spot_imgspot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img

Manaus

Defesa Civil registra quatro ocorrências durante forte chuva que atingiu Manaus neste sábado (02)

Manaus -A Prefeitura de Manaus, por meio da Central 199, da Defesa Civil do município, registrou, neste sábado, 2/3, até as 17h, quatro ocorrências,...

Saiba a importância da suplementação nutricional para idosos

    Com o Brasil registrando um envelhecimento recorde, a parcela da população com 65 anos ou mais atingiu 10,9%, totalizando aproximadamente 22,2 milhões de pessoas...

*IADESH promove atividades semanais de convivência e desenvolvimento para usuários do SCFV*

A Instituição de Apoio ao Desenvolvimento Humano e Social (IADESH), que mantém uma programação semanal de atividades complementares voltadas para os usuários do Serviço...

Caio André participa de entrega de identidades profissionais a membros do Conselho de Educação Física

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos), participou, na noite desta segunda-feira (26/02), da solenidade de entrega das Cédulas...

Prefeitura itinerante é realizada em comunidades indígenas de Borba

  A Prefeitura de Borba, em parceria com o Tribunal de Justiça e Tribunal Regional Eleitoral (TRE), está realizando o projeto Prefeitura Itinerante que tem...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img