InícioCULTURADIVERSOSCarros de transporte por aplicativo terão adesivo para facilitar identificação policial

Carros de transporte por aplicativo terão adesivo para facilitar identificação policial

Carros de transporte por aplicativo terão adesivo para facilitar identificação policial
 
A medida é parte de uma série de ações em curso para aumentar a segurança no serviço  


Veículos de transporte por aplicativo da capital amazonense receberão um adesivo para facilitar a identificação e as abordagens policiais. A medida foi definida nesta quarta-feira (27/11), durante reunião na Delegacia-Geral da Polícia Civil, no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, entre representantes dos motoristas e dirigentes do Governo do Estado.

A medida é parte de uma série de ações em curso para aumentar a segurança no serviço. Além de estabelecer metas para abordagem de motoristas dessa modalidade, o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, vai ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para cobrar metas claras das empresas para aumentar a segurança dos usuários.

A reunião desta quarta-feira teve como finalidade elaborar, em conjunto, soluções de segurança e alinhamento de competências por parte de órgãos governamentais. A secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Caroline Braz, ao lado do delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Orlando Amaral, participou da reunião, que também contou com representantes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícia Militar e Casa Civil do Governo do Amazonas.

Os adesivos serão produzidos pela Sejusc e a expectativa é que sejam disponibilizados aos motoristas a partir do mês de dezembro. Os detalhes serão anunciados posteriormente.

A secretária da Sejusc, Caroline Braz, afirmou que a garantia da segurança é uma demanda que passa também pela defesa da cidadania. “É por isso que nós, da Sejusc, também abraçamos essa causa e trabalharemos em conjunto com as demais secretarias e órgãos do Estado para assegurar o direito de ir e vir da população sem medo. Atuar em parceria é uma determinação do governador Wilson Lima para efetivar essas medidas o quanto antes”, afirmou.

Medidas – No encontro, ficou definido que serão adotadas medidas de curto, médio e longo prazos, segundo o delegado adjunto Orlando Amaral. Inicialmente, a adesivagem vai identificar os veículos como “parceiros da polícia”. A ideia é fazer com que as abordagens policiais sejam melhor direcionadas, inibindo a ação de criminosos, tanto de assaltantes quanto daqueles que utilizam o serviço para transporte de drogas e armamentos.

Atualmente, a SSP-AM mantém um projeto-piloto de monitoramento com cerca de mil motoristas de transporte por aplicativo. A expectativa é que o projeto seja ampliado. Esse projeto utiliza um aplicativo gratuito, conhecido como Drive Social, que é conectado diretamente ao sistema de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Empresas serão cobradas – O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, vai pedir apoio ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para que as empresas de transporte por aplicativo adotem mecanismos para melhorar a segurança dos usuários e dos próprios profissionais. Levantamento feito pela SSP-AM aponta que o sistema é falho e vem expondo usuários a riscos. Na maioria dos casos registrados, inclusive de homicídios, as vítimas foram buscar os suspeitos após a solicitação de corridas.

A expectativa da SSP-AM é que as empresas assumam compromissos para aperfeiçoar seus sistemas internos de controle, aumentando a segurança para quem usa o aplicativo e das pessoas que estão trabalhando com ele.
—————————————————————————————————

Opinião dOAjuricaba: Baseado na matéria que foi divulgada pela própria secretaria de Segurança Pública do Amazonas, as coisas continuarão como estão, ou seja, os usuários recebendo toda a atenção do poder publico, enquanto que os profissionais do volante, que fizeram manifestação, provocaram essa reunião e que são as maiores vitimas da violência, permanecerão vulneráveis,
Ora ! Se em São Paulo as medidas vão justamente contra a fácil identificação de veículos que atuem no transporte por aplicativos, por aqui essa decisão vai de encontro a quem já enfrenta esse problema a mais tempo.
E não se trata de particularidades, mas de atalho. O Caminho mais fácil para , por hora, resolver a insatisfação dos motoristas , que tem vistos os colegas de profissão sendo assaltados , sequestrados e assassinados.
O Razoável seria que se aproveitasse da EXPERTISE alheia nessa questão, e que vanguardismo de novas ações, nesse caso, priorizassem os profissionais, pois para os usuários já existem diversas legislações e procedimentos.
Se a identificação dos veículos fosse o ponto central da questão, os taxistas não seriam, também, vitimas e nem tampouco os motoristas de onibus.
O problema central não é a falta de abordagem e nem a falta de identificação, ou a linha de onibus coletivo 540, não teria sido assaltada mais de 400 vezes em 2 anos.
a CATEGORIA dos MOTORISTAS precisa manter o fóco e continuar com as ações de cobrança do poder publico. Demonstrar satisfação com medidas tão simplórias é assumir o risco pelo que virá a acontecer daqui pra frente. A SEcretaria de Segurança Pública apenas acalantou o movimento que coloca em cheque a atual gestão e que estava dando publicidade negativa para a mesma. Não se trata de identificação ou a falta dela, mas de falta de TRABALHO DO SETOR DE INTELIGENCIA para neutralizar as ações criminosas. As POLÍCIAS sabem dos locais e a forma como os criminosos agem, e é nesse caminho que devem agir preventivamente.


FOTOS: ALAILSON SANTOS/PC-AM

CONTATOS: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM): Tabajara Moreno (3652-2022, 99210-8956) e Jhemisson Marinho (98274-1234). E-mail: assessoriasspam@gmail.com.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Manaus

No Dia Internacional Contra Homofobia, Sejusc reforça os serviços disponíveis e a luta por respeito

Ações são coordenadas pela Gerência de Diversidade de Gênero Neste dia 17 de maio é celebrado o Dia Internacional Contra Homofobia, data que marca a...

Circuito Cultural Promove Luta Contra a LGBTfobia em Manaus

Dia Internacional do Combate à Homofobia, Bifobia e Transfobia será celebrado no dia 17 de maio Instituído após a exclusão da homossexualidade da Classificação Internacional...

Sepror participa da 2ª reunião nacional do Plano ABC+ em Brasília

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) participa da 2ª Reunião Nacional do Plano ABC+, em Brasília, iniciada nesta quarta-feira (15/05), com duração...

PGE-AM obtém liminar impedindo corte de energia na Arena da Amazônia

  A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) obteve, nesta quarta-feira (15/05), uma liminar junto à 4ª Vara da Fazenda Pública impedindo que a concessionária Amazonas...

MPAM promove curso de tiro e armamento para novos promotores

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais (Caocrim), realizou um treinamento...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img