sexta-feira, junho 14, 2024
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO AMAZONASspot_imgspot_img

NOTÍCIAS ALEAM

InícioAMAZONASAmazonense é campeão do Katana Fight, no Paraná

Amazonense é campeão do Katana Fight, no Paraná

O amazonense Irmeson Oliveira, o Jungle Boy, 32, lutador de MMA há mais de 10 anos, se sagrou campeão de um dos eventos mais respeitados da modalidade no Brasil, o Katana Fight, que aconteceu na noite do último sábado (4/5) no Centro de Convenções Expotrade, em Pinhais, na grande Curitiba, Paraná. A vitória veio após ele finalizar seu oponente, Marcos Dal Jovem, com um mata-leão ainda no primeiro round. “Ele é bom de trocação, mas sabia que ele pecava no chão. Foi aí que aproveitei e usei o jiu-jitsu, minha primeira arte marcial, e fui feliz” comentou o campeão do Peso Galo.

O campeão lembra que estava com mais de 60 dias se preparando para o combate, mas que teve uma lesão no joelho, o que lhe deixou preocupado, porém, com muito treino, cumpriu o seu dever. “Eu tive dois meses de preparação para o Katana Fight, que é um dos melhores do país, mas eu machuquei o joelho nos últimos 15 dias de antecedia a competição e fiquei um pouco tenso, achei que isso pudesse comprometer a minha performance. Mas fui estratégico e coloquei meu ritmo na luta. Consegui finalizá-lo ainda nos quatro minutos do primeiro round, o que me deixou feliz e com sensação de dever cumprido” disse ele.

O menino da selva é mais um desses lutadores que sonhou alto e que precisou ariscar para viver do esporte que ama. Ex-morador do Bairro do Alvorada 3 em Manaus, mesmo bairro de onde saiu o campeão dos Peso-Pena do UFC, José Aldo Junior, ele lembra carinhosamente do seu primeiro chamado para a luta, um convite inesperado durante seu trabalho de flanelinha, em uma madrugada.
“Eu me lembro como se fosse hoje, era umas quatro horas da madrugada. Meu irmão e eu reparávamos carros numa churrascaria. Bem próximo havia uma danceteria, acabávamos fazendo esse trabalho lá também até um pouco mais tarde nas sextas-feiras. Um rapaz saiu de lá e conversou com a gente, o nome dele é Cristiano Carioca. Ele passou a mão na nossa cabeça e convidou a gente para treinar jiu-jitsu na academia dele e já deixou o endereço. Ficamos ansiosos e às 10h da manhã daquele sábado, chegamos lá. Ele nos deu um kimono e a partir de então começou a nossa vida na arte suave” lembrou Oliveira que considera o esporte uma transformação de vida.

“Nós tínhamos entre 10 e 12 anos cada, trabalhávamos para ajudar nossos pais com os custos de casa. O Jiu-jitsu foi a nossa oportunidade de mudança de vida. Meu irmão ministra aulas da modalidade atualmente nos Estados Unidos e eu migrei para as artes mistas, porém, o jiu-jitsu é a minha base forte. As oportunidades eram bem escassas naquela época, mas nós abraçamos o esporte, levamos ele a sério. Ele nos deu disciplina, conhecimento e mais que tudo, força para vencer sempre, afinal, esporte é uma ferramenta de transformação” destacou.

Com um card de 14 vitórias e seis derrotas, o lutador reside atualmente em Curitiba, lugar que ele escolheu para crescer no esporte, formar família e morar. “Quando eu vi para Curitiba, eu estava sedento de conhecimento, queria mais do MMA. Eu queria saber mais e aproveitar as oportunidades. Estou muito Feliz aqui, com a Academia Evolução Thay MMA que me recebeu muito bem e por onde conquistei grandes títulos como o Iron Fight e o Golden Fight” ressaltou e frisou sobre sua ida pra Rússia. “ Por aqui recebei inúmeras chances, inclusive fui para o Leste Europe, na Rússia e lutei eventos internacionais como o Absolute Championship Berkut (ACB) e o Anglo Russian Culture Club (ARCC)” concluiu Irmeson.
Mesmo com o título, o atleta não descansa e já retornou aos treinos. “Atleta tem que estar sempre preparado. Por isso eu já comecei a treinar novamente, na espera de qualquer desafio” finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Manaus

Juliana Felipe de São Gabriel da Cachoeira Conquista Ouro nos JEBs 2024 e Orgulha o Amazonas

A talentosa atleta Juliana Felipe, da Acopajam, de São Gabriel da Cachoeira, brilhou nos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) 2024, em Maceió, conquistando uma medalha...

Polícia prende um dos suspeitos de estuprar e transmitir vírus do HIV para crianças e adolescentes

O técnico em edificações Rodrigo Wenderson Nunes dos Santos, 31, suspeito abusar sexualmente de crianças e adolescente e transmitir o Vírus da Imunodeficiência Humana...

Lançado Livro de Saberes Tradicionais Quilombolas, em N. Airão

  Um Estudo Sobre as Práticas Educativas na Escola Municipal Jaú Tambor Na noite do último sábado (8/6), Novo Airão, município da Região Metropolitana de Manaus,...

Delegado João Tayah retira placa de apologia à pena de morte em via pública

O delegado de polícia e pré-candidato a vereador pelo PT, João Tayah, retirou uma placa fixada em um poste da Avenida Torquato Tapajós, no...

“Semana Solo Seguro Favela”, Urbanismo Sustentável no Amazonas

De 3 a 7 de junho de 2024, a Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) vai realizar a 1a. edição da “Semana Solo Seguro...
spot_imgspot_img

POPULARES

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img